sábado, 29 de dezembro de 2018

7 dicas de como colocar seu site na primeira página do Google

By
Em meio a tantos blogs, você talvez ache que não é possível colocar sus publicações na primeira página do Google, certo? Porém existem boas estratégias para que seus artigos ganham mais destaques. É justamente isso que veremos nos próximos parágrafos.

1 - Proteja o site em HTTPS para estar na primeira página do Google


Para sites com troca de dados por senha e cartão de crédito, a transição para a conexão HTTPS segura é obrigatória. 

A partir de 2017, o navegador Chrome também marca as páginas de conexão HTTP como "inseguras". Hoje, mais da metade das 10 principais páginas atualmente usam conexão HTTPS.

Comparação do número de sites com uma conexão HTTPS entre 2016 e 2015 em comparação com sua classificação no Google.

2 - Sites compatíveis com dispositivos móveis são essenciais


Atualmente, de acordo com o estudo da SearchMetrics, 100% dos sites colocados no top 100 são compatíveis com dispositivos móveis (responsivo, site dedicado, serviço dinâmico). 

O celular tomou tal peso que o Google dá muito mais valor a páginas móveis, especialmente em pesquisas feitas no celular, que no caso são a maioria.

Para permitir uma boa experiência do usuário em dispositivos móveis, precisamos encontrar um bom equilíbrio entre o conteúdo avançado (com imagens, vídeos e texto) e a velocidade de carregamento da página. 

Recomendamos que você use o site https://gtmetrix.com/ que centraliza as pontuações do Google PageSpeed e do Yahoo YSlow e dá sugestões de melhoria de ambos os sites, com a possibilidade de gerar um vídeo para visualizar a exibição do site segundo após segundo.

3 - Sinais sociais significativos


O estudo SearchMetrics mostra que os sinais sociais estão particularmente presentes nos sites localizados nos dois primeiros lugares do ranking. 

Isso é explicado pelo fato de que o primeiro lugar no ranking é geralmente atribuído a marcas que se beneficiam de sua notoriedade nas redes sociais. A correlação entre os sinais sociais e a classificação é forte. 

Como você sabe, correlação não significa necessariamente causalidade, então a única certeza que temos é que, em comparação com o ano passado, o número de compartilhamentos e curtidas dos sites melhores classificados aumentou. 

Essa é a conclusão clara de que as marcas trabalham e melhoram sua imagem ainda mais nas redes sociais, de modo que conseguem estar na primeira página do Google.
Foto reprodução: https://www.decsigner.com.br


4 - Melhore a experiência do usuário


Embora sejam um pouco menos numerosos nos sites estudados do que há dois anos, o estudo SearchMetrics continua a tornar os links internos um elemento-chave para um bom posicionamento. 

Os links internos permitem que os usuários e os mecanismos de pesquisa compreendam e explorem melhor a estrutura do site. 

Portanto, é extremamente útil ter uma arquitetura de site bem pensada, para melhorar a experiência do usuário. 

Outra dica, para desenvolver a experiência do usuário, tenha em seu site páginas que carregam rapidamente e podem ser lidas em todas as mídias. 

O tempo de carregamento das 10 primeiras páginas é de 7 a 8 segundos. O Google recomenda de 3 a 4 segundos de tempo de carregamento.


5 - A correlação permanece importante para os backlinks


O estudo destaca a ainda óbvia correlação entre a presença de backlinks e um bom posicionamento no Google. Os sites norte-americanos melhor estudados do Google são os que têm mais backlinks.

Nessa perspectiva, optar por uma estratégia de netlinking, com links contextualizados inscritos em um conteúdo de alta qualidade, pode ir na direção dos desenvolvimentos nos algoritmos do Google.

Apesar dessa forte correlação, parece que os backlinks estão perdendo sua importância. Esse declínio é explicado pelo aumento no tráfego móvel. 

De fato, por sua própria natureza, os celulares não são adequados para criar links "clássicos", ao passo que são usados massivamente para compartilhar um artigo sobre redes sociais.

6 - Escolha as palavras-chave certas


Se você sabe o que seus leitores estão procurando quando chegam ao seu site, será mais fácil escolher os backlinks relevantes que apontam para o seu site.

Claro, você também precisará conhecer seus concorrentes, seu posicionamento e suas palavras-chave. 

É por isso que encontrar as palavras-chave corretas faz parte de sua estratégia de construção de links de longo prazo para sua campanha de SEO e colocação de seu site na primeira página do Google.

7 - Excluir todo o seu conteúdo duplicado


Com as mudanças recentes no algoritmo, os sites que tiveram conteúdo duplicado foram aqueles que estiveram na mira do Google por alguns meses.

Portanto, é hora de "limpar" seus sites se você tem conteúdo copiado, feeds RSS para conteúdo externo ou artigos reescritos rapidamente por programas de software, que são a automação de conteúdo. 

Há muitas ferramentas on-line gratuitas que permitem verificar se seus sites são potencialmente afetados pelo Google em sua busca de conteúdo duplicado.

Conclusão


Seguindo essas dicas, você com certeza terá seu lugar na primeira página do Google, mas com paciência, é claro, pois nem todo mundo consegue isso de primeira. Mas, de qualquer jeito, você deve colocar essas dicas em prática, de modo a garantir o sucesso. 

Não esqueça compartilhe seu conteúdo nas mídias sociais, Facebook, Google e com seus seguidores no Instagram.

Ganhe R$ 8 de desconto na recarga do seu celular com o Recarga Pay! Ao acessar o site e fazer sua recarga, utilize o código wc5351342 para garantir o desconto!




Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de postar leia as regras:

- Não faça comentários repetidos;
- Não ofenda ninguém do Blog;
- Não responsabilizamos por links externos dos leitores;
- Se não tem conta no Google comente com "Nome/URL"
- Para deixar sua URL comente com OpenID;

OBS: Comentários abusivos, xingamentos, insultos ou não serão tolerados e os comentários serão excluidos.