sexta-feira, 31 de maio de 2013

Aplicativo promete a "cura gay" e causa polêmica

By
 door-of-hope
O aplicativo chamado de Door of Hope (porta da esperança) causou grandes polêmicas e repercussões entre os usuários de smartphones e tablets. O programa promete fazer com que uma pessoa deixe de ser homossexual em 60 dias.

A Setting Captives Free, empresa que desenvolveu este app, criou um curso que utiliza conceitos bíblicos para convencer a pessoa que o homossexualismo é um "defeito" e que é necessário buscar uma saída para se libertar daquele "pecado".

Com isto, ativistas criaram um abaixo assinado ontem (29/05), solicitando a remoção do aplicativo da Apple Store e também da Google Play. De acordo com a petição, este tipo de tratamento que busca mudar a orientação sexual de um indivíduo, pode causar danos terríveis por tentar mudar quem ele é ou quem ele ama.

Até o fechamento deste artigo já tinham mais de 65,000 mil assinaturas colhidas, sendo que o objetivo do grupo é chegar a 75,000 mil.

Aplicativo foi retirado da Apple Store mais ainda continua no Google Play

Depois de mais de 24 horas do inicio da petição, a Apple retirou o aplicativo de sua loja, porém o mesmo ainda pode ser encontrado na Google Play.

Além do curso para "cura gay", a Setting Captives Free tem mais 35 cursos em 10 línguas diferentes. O português não é uma das opções de idioma. Lá você encontra cursos para combater vícios relacionados a pornografia, apostas, bebidas e uso de drogas, maus hábitos alimentares entre outros. A empresa afirma que mais de 416 mil pessoas já foram beneficiadas.

Fonte: G1 e Tectudo

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de postar leia as regras:

- Não faça comentários repetidos;
- Não ofenda ninguém do Blog;
- Não responsabilizamos por links externos dos leitores;
- Se não tem conta no Google comente com "Nome/URL"
- Para deixar sua URL comente com OpenID;

OBS: Comentários abusivos, xingamentos, insultos ou não serão tolerados e os comentários serão excluidos.