domingo, 14 de abril de 2019

Decisão da Justiça proíbe Claro de cobrar por serviços não contratados

By
Segundo o Portal Minha Operadora, a 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul atacou a denúncia do Ministério Público e decidiu que a Claro não poderá descontar nos créditos dos clientes pré-pagos ou fazer cobrança na fatura nos planos pós-pagos de serviços não solicitados pelo consumidor. Caso descumpra a ordem judicial, a operadora pagará uma multa de R$ 300 por ocorrência. O valor será revertido ao Fundo Estadual de Defesa dos Direitos do Consumidor.

De acordo com o MPMS, a Procuradoria recorreu da decisão da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, que tinha negado o pedido. Denúncias foram feitas dizendo que a empresa estava cobrando por serviços não contratados pelos seus clientes, gerando assim, uma ação coletiva de consumo.
Foto reprodução: http://www.gaiofatoegalvao.com.br
A Ação Coletiva continua segue seu trâmite e sendo encontrado alguma irregularidade, o valor da multa pode aumentar.

Fonte: https://www.campograndenews.com.br/economia/justica-exige-que-claro-pare-de-cobrar-clientes-por-servicos-nao-contratados e https://www.minhaoperadora.com.br/2019/04/justica-determina-que-claro-nao-cobre-por-servicos-nao-associados.html

Ganhe R$ 8 de desconto na recarga do seu celular com o Recarga Pay! Ao acessar o site e fazer sua recarga, utilize o código wc5351342 para garantir o desconto!




Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de postar leia as regras:

- Não faça comentários repetidos;
- Não ofenda ninguém do Blog;
- Não responsabilizamos por links externos dos leitores;
- Se não tem conta no Google comente com "Nome/URL"
- Para deixar sua URL comente com OpenID;

OBS: Comentários abusivos, xingamentos, insultos ou não serão tolerados e os comentários serão excluidos.