sábado, 29 de setembro de 2018

Anatel prorroga prazo de gratuidade para ligações em orelhões da OI em 11 estados

By
As ligações locais e de longa distância nacional feitas pelos orelhões da OI, continuarão gratuitas em onze estados, sendo dois na região Norte e nove na região Nordeste.

A gratuidade esta valendo para os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Amazonas e Amapá.

A punição foi imposta pela Anatel, pois a OI não cumpriu a a cota mínima de aparelhos em funcionamentos nestes estados.

Nas regiões citadas, o usuário sequer precisa usar o cartão telefônico para realizar uma ligação. Basta colocar o código da operadora, que é 31, e efetuar a chamada de graça.

A Anatel faz a fiscalização a cada seis meses, e agora uma próxima será feita apenas em 28 de fevereiro de 2019, pois a última aferição foi realizada em 30 de agosto de 2018.
orelhão oi

Para  Roraima, as ligações vão começar a ser cobradas a partir de 01/10/2018. Isto ocorre porque a Anatel fez a fiscalização neste estado e foi constatado que a OI atingiu a meta.

Mesmo com a punição, estados como Amazonas nunca tiveram o percentual mínimo exigido. Isso porque, os orelhões não geram receita para a operadora que cubra os gastos com manutenção e disponibilidade.

Fonte: https://www.minhaoperadora.com.br/2018/09/anatel-prorroga-gratuidade-em-ligacoes-de-orelhoes-em-11-estados.html e https://tecnologia.ig.com.br/2018-09-28/anatel-gratuidade-orelhoes.html

Ganhe R$ 8 de desconto na recarga do seu celular com o Recarga Pay! Ao acessar o site e fazer sua recarga, utilize o código wc5351342 para garantir o desconto!




Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de postar leia as regras:

- Não faça comentários repetidos;
- Não ofenda ninguém do Blog;
- Não responsabilizamos por links externos dos leitores;
- Se não tem conta no Google comente com "Nome/URL"
- Para deixar sua URL comente com OpenID;

OBS: Comentários abusivos, xingamentos, insultos ou não serão tolerados e os comentários serão excluidos.