quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Saiba quais são os aplicativos que mais consomem internet

By
Conheça os maiores vilões da sua franquia de dados!

Hoje em dia, o número de celulares conectados à internet é muito grande. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em abril de 2018, 69% dos brasileiros já têm acesso à internet pelo celular.

Além disso, a mesma pesquisa indicou que 92,7% dos lares brasileiros possuem pelo menos uma pessoa proprietária de uma linha de telefonia móvel. Já outros dados do IBGE mostram que havia 116 milhões de brasileiros conectados à internet no final de 2016, ou seja, 64,7% da população com mais de 10 anos de idade.

Isso mostra que o uso da internet nos celulares está em franca ascensão em todo o território nacional, e os aplicativos possuem relação direta com o fato, sejam eles de comunicação, redes sociais, streaming de vídeos e músicas, jogos, para produtividade, estudos e afins, cada um com seu consumo de internet.

Esse consumo é muito importante, principalmente quando se trata da rede móvel, já que cada plano possui a sua franquia de dados. Ao saber como ocorre esse consumo e quais são os apps que mais gastam, você poderá se programar para evitar receber a tão temida mensagem de que a franquia de internet acabou!
aplicativos que mais consomem internet
Foto reprodução: escolaandroid.com

Como acontece o consumo de dados pelos aplicativos?


Cada atividade realizada por um app resulta em uma porção de consumo da franquia de dados, seja para download ou upload. Porém, isso não acontece apenas quando ele está aberto em sua tela, diferente do que pode parecer, já que existe o consumo dos aplicativos abertos em segundo plano.

Para entender melhor, basta pensar nas notificações que recebemos. Mesmo com a tela do celular bloqueada ou com outro app aberto, notificações sempre chegam ao nosso aparelho, e apenas quando tocamos na tela é que o aplicativo é iniciado.

É essa a finalidade dos aplicativos em segundo plano: mesmo aparentemente fechados, eles ainda se comunicam com os servidores, o que traz a comodidade de ser notificado, mas pode levar embora uma parte importante do plano de dados.

Seja em primeiro ou em segundo plano, a comunicação entre o celular e os servidores resultam no uso de uma determinada banda da franquia, que pode ser menor ou maior de acordo com cada tipo de conteúdo.

Por exemplo, uma página do navegador que só tem textos apresenta um consumo baixo da franquia, ao passo que imagens já aumentam essa demanda, e vídeos levam o consumo a um nível ainda maior.

É essa comunicação entre o celular e os servidores, tanto para download (baixar dados para o celular) quanto para upload (enviar dados ao servidor), que resulta no consumo do plano de internet.

Quais aplicativos consomem mais internet?


Os apps não estão necessariamente na ordem, já que isso depende do quanto você os utiliza, mas eles aparecem no topo da lista de maior consumo:

Facebook: é muito legal ter um feed repleto de atualizações dos seus amigos, páginas e grupos preferidos, mas isso tem um preço na sua franquia. O Facebook demanda um grande consumo de internet, já que são várias imagens, vídeos, posts e notícias que precisam ser carregados para passar rapidamente pela linha do tempo.

 Instagram: as imagens são naturalmente mais pesadas que os textos, e isso coloca o Instagram, rede social majoritariamente visual, entre os maiores devoradores de dados. Seus vídeos e Stories também apresentam um grande consumo de dados.

 YouTube: cada um tem seus Youtubers e canais preferidos, mas os vídeos estão um passo acima das imagens quando se trata de consumo de dados, já que aliam o áudio às imagens, o que pode levar embora vários megabytes rapidamente.

Twitter: carregar tweets de texto não leva tanta internet assim, mas as imagens e vídeos sim. Além disso, os comentários também são repletos de GIFs, vídeos e imagens, o que aliado à velocidade dessa rede social, resulta em um consumo considerável.

Netflix: ter seus filmes e séries preferidos a apenas alguns toques de distância e em uma biblioteca organizada é a realização de um sonho, mas é preciso tomar cuidado com o Netflix quando usado através da rede móvel, já que o consumo é bem intenso.

 Google Chrome (e outros navegadores): aqui, tudo depende das páginas que você acessa, já que sites ricos em conteúdos gráficos e interativos são mais pesados, diferentes dos graficamente simples, além dos vídeos e outros conteúdos que podem estar disponíveis.

Spotify (e outros apps de streaming de músicas): hoje em dia, não é preciso levar os CDs ou fitas K7 na mochila, como acontecia no passado, já que o streaming de músicas permite fazer isso imediatamente, embora a franquia disponível de internet possa diminuir bem se os apps forem muito utilizados.

Como economizar a franquia de internet?


É praticamente inviável deixar de usar esses aplicativos, que estão entre os preferidos de todos os usuários de smartphone, assim como desligar a sincronização em segundo plano e deixar de receber notificações, mas algumas dicas podem reduzir o consumo:

Desabilite a função de “autoplay” nos vídeos do Facebook. Assim, eles só serão carregados quando você efetivamente apertar o play.

Baixe os episódios da sua série preferida ou os vídeos que você quer assistir quando estiver no Wi-Fi da sua casa, da faculdade ou do trabalho. Assim, o conteúdo será armazenado na memória interna do seu celular, o que elimina a necessidade do streaming.

Escolha todas as playlists que quiser e faça seu download no app de streaming de músicas que utilizar. Assim, você terá várias opções no armazenamento do celular.

Desabilite o pré-carregamento de vídeos e fotos do Instagram. Pode levar um pouco mais de tempo para que eles sejam carregados, mas o consumo de internet poderá cair bastante.

Quanto aos vídeos que ficam por 24 horas no perfil, presentes no Instagram, Facebook, WhatsApp e Snapchat em diferentes nomes, mas geralmente chamados de “Stories”, o ideal é assistir em conexões Wi-Fi, já que o consumo acontece muito rapidamente.

Aplicativos de streaming de música e vídeo costumam oferecer a opção de escolher a qualidade do conteúdo reproduzido. Uma boa pedida é escolher uma qualidade inferior quando estiver em redes móveis, de modo que seu pacote de internet tenha maior duração. No Netflix, por exemplo, 1 GB é suficiente para assistir a uma hora de vídeos em alta definição, mas até quatro horas em uma resolução mais baixa.

Faça sua franquia de internet durar o mês inteiro!


Não é preciso desinstalar os apps do seu celular, já que eles estão entre os preferidos de muitas pessoas, mas conhecer os mais famintos por sua franquia de internet, bem como as dicas para controlar esse consumo, já ajuda a fazer cada MB durar o máximo possível.

Por isso, use sua franquia com moderação e faça tudo o que for possível nas redes de Wi-Fi. Assim, você não tomará um grande susto com a gestão de contas da empresa ou da sua casa quando se der conta da quantidade de pacotes adicionais de internet que tiveram de ser adquiridos para não ficar offline!

Ganhe R$ 8 de desconto na recarga do seu celular com o Recarga Pay! Ao acessar o site e fazer sua recarga, utilize o código wc5351342 para garantir o desconto!




Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de postar leia as regras:

- Não faça comentários repetidos;
- Não ofenda ninguém do Blog;
- Não responsabilizamos por links externos dos leitores;
- Se não tem conta no Google comente com "Nome/URL"
- Para deixar sua URL comente com OpenID;

OBS: Comentários abusivos, xingamentos, insultos ou não serão tolerados e os comentários serão excluidos.